Visita técnica

Estudantes visitam o Observatório Astronômico Centauro, em Cambuquira

No dia 27 de setembro, os estudantes do curso de Especialização em Ensino de Ciências Naturais e Matemática do Campus AvançadoTrês Corações participaram de uma aula diferenciada, explorando na prática os tópicos desenvolvidos nas disciplinas “Seminários de Pesquisa” e “Transversalidade, Ética e Transdisciplinaridade”, durante uma visita técnica ao observatório Centauro, localizado na cidade de Cambuquira, MG.

Na oportunidade, o responsável pelo observatório, professor Raoni Vilhena, discorreu sobre diversos temas da astronomia, destacando a atuação educacional do espaço e apresentando aspectos históricos deste observatório que já sediou por 2 vezes a Conferência Latino-Americana de Astronomia.

Vilhena relatou que o observatório foi criado em 1961, por Sigmund Szabó, judeu vindo da Europa e que instalou em Cambuquira um telescópio de 250mm, totalmente montado por ele, inclusive as lentes que foram polidas por ele, pacientemente, de maneira artesanal. Szabó, porém, não viveu para ver seu projeto pioneiro concluído. Em 1985, uma associação de moradores e alguns ex-alunos de Szabó, estimulados pela movimentação popular e científica em torno da passagem do Cometa Halley, retomaram as obras e concluíram o prédio, remontando o telescópio.

Durante a visita, o tempo nublado impediu a observação, no entanto, mesmo assim os participantes foram unânimes em destacar a importância da prática para ilustrar as propostas do curso e promover a reflexão sobre os procedimentos pedagógicos inerentes ao ensino de ciências.
Diversos professores manifestaram seu interesse em fazer novas visitas ao observatório, levando outros estudantes e inserindo de maneira mais efetiva o estudo da astronomia nos currículos de suas turmas. Esta também foi a opinião dos professores Amauri Araujo Antunes, Edilson Luiz Cândido, Luciane de Castro Quintanilha e Sebastião Mauro Filho que acompanharam os estudantes durante a visita.

Confira as fotos!

Texto: Professor Amauri Araujo Antunes
Revisão: Ascom/Reitoria IFSULDEMINAS
30/10/2017